Como escolher o melhor roteador

Blog Justweb – Fevereiro 2019

Poucas coisas são tão fundamentais para a vida moderna quanto um roteador, não é mesmo? Contudo, escolher o modelo ideal nem sempre é a tarefa mais
fácil de todas. Existem diversas opções de roteadores, com versões que vão de R$90,00 até quase R$900,00. Fica complicado saber qual é o ideal para cada
tipo de usuário se a sua função mais básica, que é reproduzir um sinal Wi-Fi, parece ser a mesma em todos eles, né?

Caso você não saiba, roteador é aquele pequeno dispositivo usado para transmitir sua internet banda larga para toda a casa sem fios. Existem alguns detalhes a que você precisa se atentar antes de comprar um roteador, mas calma que nós explicamos para você! As principais características de um roteador são:

Padrão

O primeiro passo para escolher um bom roteador é verificar o padrão utilizado. Atualmente, os principais dispositivos do mercado são compatíveis como os
padrões IEEE 801.11 a, b, g e n. Os dois primeiros são mais antigos e oferecem taxas de transferência menores do que o g ou o n. Por outro lado, o
padrão ac, mais moderno, permite trocas de dados em velocidades próximas a 1.300 Mpbs e já é compatível com vários computadores e telefones lançados nos últimos anos.

Frequência

Outro fator que permite trocas de dados mais rápidas é a frequência das redes wi-fi. Atualmente, os produtos disponíveis no mercado possuem suporte para redes de 2.4GHz ou 5GHz. A primeira, mais popular, é mais barata e possui taxas de transmissão menores. Assim, se você é uma pessoa que usa muitos
serviços de streaming, joga on-line e adora fazer downloads por wi-fi, um produto com suporte a redes de 5GHz será uma boa escolha. Mas por mais que essas redes sejam mais rápidas e menos poluídas, elas podem ter um alcance menor quando comparadas com redes de 2.4GHz. Diante disso, muitos fabricantes oferecem roteadores com suporte aos dois padrões. Melhor sobrar que faltar, né?

Conexão

Não é apenas no trânsito que congestionamentos trazem dor de cabeça! No caso das redes wi-fi, um grande número de conexões e requisições de rede ao mesmo tempo podem tornar a transmissão de dados insuportavelmente lenta. Diante disso, o número de conexões que um roteador suporta simultaneamente é um detalhe que sempre deve ser verificado para quem procura conectar diversos eletrônicos na mesma rede constantemente.

Antena

Alguns modelos de roteadores possuem duas ou mais antenas, a capacidade de transmissão de dados adicional garante transferências bem mais limpas.
Vários aparelhos lançados nos últimos anos já possuem suporte ao Multiple Input + Multiple Output (MIMO), nome dado para a tecnologia que permite que
roteadores utilizem mais de uma antena para enviarem e receberem dados. Apesar da grande maioria suportar apenas duas antenas simultaneamente, já
existem dispositivos — como o MacBook — que suportam três antenas! Assim você sempre terá taxas de transferência altas em todos os dispositivos que já
possui ou pretende possuir.

Instalação

O último grande item para avaliar em um roteador é seu processo de instalação. Não se engane ao pensar que isso não deve ser levado em conta, pois de vez em quando pode ser necessário resetá-lo para alguns ajustes. Por isso, escolha um produto que tenha uma interface de instalação agradável e preferencialmente em português. Não sendo assim, você pode ter gastos extras relacionados ao suporte profissional de um técnico. O roteador ideal deve ser, para início de conversa, dual-band, já que, ao suportar a criação de redes de 2.4GHz e 5GHz, você pode escapar das interferências causadas pelas redes de 2.4GHz — caso o seu equipamento seja compatível — e ainda ter acesso a taxas de transferência mais rápidas. Ele também deve suportar três canais de transmissão e redes no padrão IEEE 802.11 ac que permitem conexões mais rápidas, estáveis e livres de interferência.

Calma, não é preciso gastar rios de dinheiro num roteador. Um modelo de qualidade, para a maioria dos usuários, pode custar entre R$100,00 e R$180,00. Entre as marcas mais confiáveis estão a D-Link, a TP-Link, a Asus e a Intelbras, que têm tradição no mercado. A Linksys também tem ótimas opções, embora seus produtos sejam voltados aos usuários mais exigentes e com mais dinheiro para gastar.

Vale a pena pesquisar com cuidado, prestar atenção a cada detalhe do modelo e não se deixar convencer pela embalagem bem feita. Agora você já tem todas
as informações necessárias para comprar o roteador ideal para você!

By | 2019-02-21T20:30:29+00:00 21 de fevereiro, 2019|Dicas, Notícias|0 Comments